Doença de Crohn

Doença de Crohn

A Doença de Crohn é uma doença inflamatória do trato gastrointestinal. É uma doença crônica que não tem cura, porém, tem tratamento.

Ela afeta principalmente a parte inferior do intestino delgado (íleo) e intestino grosso (cólon), mas pode afetar qualquer parte do trato gastrointestinal (da boca ao ânus).

A doença de Crohn habitualmente causa diarreia, cólica abdominal, às vezes febre, e sangramento retal. Também pode ocorrer perda de apetite, e de peso.

 

Fatores de risco para

doença de Crohn

Não sabemos a causa exata da doença, mas sabemos que alguns fatores podem interferir, tais como:

  • Histórico familiar – se você tem algum parente próximo com a doença, como pai ou irmão, as chances de desenvolvê-la são maiores;
  • Fumar – aumenta as chances de desenvolver a doença, além de piorar os sinais e sintomas quando ela já se instalou;
  • Estresse – pode ser um gatilho para a doença;

 

Sinais e sintomas da

doença de Crohn

Os sinais e sintomas variam caso a caso. Entre eles:

  • "Feridas" na boca
  • Diarreia (que pode conter sangue);
  • Dor e distensão no abdômen;
  • Perda de apetite;
  • Perda de peso;
  • Febre;
  • Cólicas;
  • Dificuldade para eliminar gases.
  • Atraso no crescimento em crianças.

A doença também pode desencadear outros problemas fora do trato gastrointestinal. São conhecidos como sintomas extraintestinais e atingem as seguintes áreas:

  • Articulações
  • Pele
  • Olhos
  • Fígado

É possível que os sinais e sintomas da doença de Crohn desapareçam, passando por um período o que é conhecido como período de remissão. De qualquer forma, mesmo que você tenha um ou mais dos listados acima, não significa que desenvolveu a doença. Consulte um médico, apenas ele é capaz de fazer o diagnóstico correto e indicar o melhor tratamento para o seu caso.

 

Diagnóstico da doença de

Crohn

Não é fácil fazer o diagnóstico da doença de Crohn, pois os sinais e sintomas são parecidos com os de vários outros problemas de saúde. O médico precisa analisar o histórico familiar, avaliar os sinais e sintomas relatados e verificar se há distensão, dor e sensibilidade no abdômen causadas pela inflamação. É possível que ele também peça os seguintes exames:

  • Exames de sangue
  • Exame de sangue oculto nas fezes – realizado em amostra de fezes;
  • Colonoscopia – permite visualizar todo o cólon usando um tubo fino e flexível com uma câmera acoplada;
  • Endoscopia digestiva alta – analisa a mucosa do esôfago, estômago e a primeira parte do intestino delgado por meio de um tubo com uma câmera na ponta;
  • Biópsia uma pequena parte do revestimento do intestino é retirada e examinada em laboratório para identificar sinais de inflamação causados pela doença;
  • Radiografia – revela locais estreitos no intestino e evidencia lesões na área.

 

Prevenção da doença de

Crohn

Não é possível fazer a prevenção da doença de Crohn. Mas alguns fatores que aumentam o risco de desenvolver o problema podem ser evitados adotando algumas medidas:

  • Pare de fumar – ajuda a diminuir o risco de desenvolver também outras doenças, como enfisema e câncer de pulmão;
  • Use anti-inflamatórios apenas se realmente necessário e quando indicado por um médico
  • Evite situações estressantes - tire um tempo para descansar, relaxar e se dedicar aos seus hobbies.

 

Tratamento para doença

de Crohn

A doença não tem cura, o objetivo do tratamento é aliviar e levar ao desaparecimento dos sinais e sintomas. O tipo de tratamento para doença de Crohn varia de acordo com a gravidade, o local em que estão as inflamações e o estado de saúde geral da pessoa. Os principais são:

Medicamentos – ajudam a reduzir e a causar o desaparecimento dos sinais e sintomas e das inflamações. Existem alguns tipos que podem ser indicados:

- Medicamentos sintéticos

- Corticosteroides

- Antibióticos podem ser necessários em alguns períodos

- Medicamentos biológicos

Cirurgia - pode ser necessário em alguns casos

Dieta – pode ser necessário evitar alguns alimentos. Entretanto, a dieta serve apenas como coadjuvante dos outros tratamentos. Sozinha, ela não é capaz de aliviar ou causar o desaparecimento dos sinais e sintomas.

O tratamento para doença de Crohn é individual, ou seja, o que é bom para outra pessoa com o mesmo problema pode não ser para você. Só o médico é capaz de indicar o melhor tratamento para o seu caso, assim como as mudanças necessárias na alimentação. Siga à risca as orientações dele e nunca se automedique.

 

Referências

- Sobre Doença de Crohn. ABCD. Acesso em 10/12/2020, em https://www.abcd.org.br/sobre-a-doenca-de-crohn/

- Veauthier B, Hornecker JR. Crohn's Disease: Diagnosis and Management. Am Fam Physician. 2018 Dec 1;98(11):661-669. PMID: 30485038.

- Gajendran M, Loganathan P, Catinella AP, Hashash JG. A comprehensive review and update on Crohn's disease. Dis Mon. 2018 Feb;64(2):20-57. doi: 10.1016/j.disamonth.2017.07.001. Epub 2017 Aug 18. PMID: 28826742.

 

 

PP-PFE-BRA-3223