Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Saúde

Mobile Image
Médico demonstrando resultados de testes de pacientes em formato eletrônico
Image
Médico demonstrando resultados de testes de pacientes em formato eletrônico
Tratamento com terapia ocupacional para artrite reumatoide
Sections
Médico demonstrando resultados de testes de pacientes em formato eletrônico

 

Tratamento com terapia ocupacional para artrite reumatoide

A artrite reumatoide é uma doença crônica que causa inflamação nas articulações. Apesar de ser uma doença crônica, é importante lembrar que existem algumas opções de tratamento.

Hoje, vamos apresentar uma dessas opções: a terapia ocupacional. Ela pode ajudar na recuperação e no desenvolvimento de habilidades das pessoas com a doença, além de evitar a evolução de deformidades nas articulações. 1, 2, 3

Entenda melhor o que é artrite reumatoide e como a terapia ocupacional pode ajudar no tratamento dessa doença crônica.

Artrite reumatoide

A artrite reumatoide é uma doença crônica, sistêmica e autoimune que é caracterizada pelas inflamações articulares, causando dor, fadiga e dificultando as atividades diárias, do trabalho e do lazer. 1, 2

Após o diagnóstico de artrite reumatoide, o tratamento do paciente deve ser iniciado com o intuito de reduzir as inflamações e os sintomas. 2

Terapia ocupacional para artrite reumatoide

A artrite reumatoide pode causar dificuldade em fazer atividades simples do dia a dia como cozinhar, arrumar a casa ou trabalhar. Interfere na autonomia e no estado emocional. 1, ³

Antes de começar a terapia ocupacional para artrite reumatoide, o especialista faz uma avaliação de todas as limitações impostas pela doença relacionadas aos movimentos e ao convívio social para que o terapeuta estabeleça como será o tratamento. ³

A terapia ocupacional para artrite reumatoide pode envolver uma série de fatores identificados na avaliação inicial do terapeuta.¹,²,³

Mudanças de hábitos

O terapeuta faz exercícios e ensina uma série de cuidados para proteger as articulações e ajudar no controle da dor e da fadiga provocadas pela artrite reumatoide. ²

Veja alguns deles:²

·   Respeite a dor. Se está doendo pode ser um sinal de que você deve mudar a atividade;

·   Evite ficar na mesma posição por muito tempo;

·   Distribua o peso em mais de uma articulação;

·   Use mais a palma das mãos para pegar os objetos;

·   Segure os objetos com as duas mãos;

·   Equilibre seu dia com momentos de atividade e de repouso;

·   Evite começar tarefas que não possam ser paradas imediatamente quando estiver cansado.

Adaptação de atividades e ambientes

A terapia ocupacional para atrite reumatoide ensina a fazer as adaptações necessárias às limitações de cada pessoa, por exemplo: organizar melhor as tarefas e adequar o tempo de trabalho, substituir móveis inadequados e reorganizar os espaços para facilitar a circulação e evitar quedas e choques com objetos. ¹,²

Acessórios

O terapeuta ocupacional pode indicar o uso de acessórios para auxiliar o manuseio de objetos. Isso pode ajudar a melhorar a capacidade funcional e contribui para a autonomia da pessoa com artrite reumatoide, tais como: cabos mais grossos fixados em talheres, canetas e escovas de dente. É importante que todos os acessórios sejam adaptados pelo profissional. ¹,²,³

Vale lembrar que a terapia ocupacional para artrite reumatoide deve ser complementar a outros tipos de tratamento indicados pelo médico. Converse com o seu para saber o que é melhor para você.

Nossos conteúdos não substituem as consultas médicas e o tratamento rotineiro. Além disso, também é importante que você compartilhe com o seu médico qualquer tipo de decisão diferente que quiser tomar.

PP-XEL-BRA-0601-maio/2022

Referências

1-       SOCIEDADE BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA. Terapia ocupacional na artrite reumatoide: o que o reumatologista precisa saber?. Revista Brasileira de Reumatologia , [s. l.], v. 55, p. 1-9, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rbr/a/DfzSd6Gwj9NSrZNNTphGpfn/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 17 jan. 2022.

2-       BIANCHIN, Maysa A; PAULA, Graziella A S; CARVALHO , Mariana P; ACAYABA, Roberto; CHUEIRE, Regina. Manual de orientações de terapia ocupacional quanto à proteção articular para pacientes com artrite reumatóide. 2009. 6 p. Artigo (Bacharelado) - Setor de Terapia Ocupacional do Ambulatório do Hospital de Base de São José do Rio Preto, [S. l.], 2010. Disponível em: http://files.bvs.br/upload/S/0103-5894/2010/v29n1/a006.pdf. Acesso em: 17 jan. 2022.

3 - GODINHO, Isabela A. M.; CRUZ, Renata de Morais; ZULIAN , Maria A. R. A TERAPIA OCUPACIONAL NA ARTRITE REUMATÓIDE E A CLASSIFICAÇÃO INTERNACIONAL DE FUNCIONALIDADE (CIF). 2010. 3 p. Artigo (Pós-Graduação) - Universidade Vale do Paraíba, [S. l.], 2010. Disponível em: https://www.crefito8.gov.br/pr/servicos/2008_cif_to_artrite_reumatoide.pdf. Acesso em: 17 jan. 2022.

O Programa Muito Bem Vindo quer contribuir na jornada de seu tratamento

Ter uma boa aderência a este tratamento é um fator fundamental do processo e o programa existe para contribuir nesta caminhada.

Cadastre-se