A importância do apoio psicossocial no tratamento do câncer de mama metastático

A importância do apoio psicossocial no tratamento do câncer de mama metastático

Quando o câncer de mama se espalha para outras partes do corpo, ou seja, entra em metástase, isso afeta tanto o tratamento quanto a parte emocional da mulher. Nessa hora, é necessário o apoio da família, de amigos, da equipe médica e de psicólogos. Continue a leitura para conhecer a importância do apoio psicossocial no tratamento do câncer de mama metastático.

Ajuda profissional no apoio psicossocial

Receber o diagnóstico de que o câncer de mama se espalhou significa, na maioria dos casos, que já foi feito um tratamento e que, em detrimento de todo o esforço, ele não foi o suficiente. Isso tem uma série de consequências na vida da mulher e pode afetar profundamente a parte emocional. Então, é importante buscar ajuda de psicólogos ou terapeutas.

Participar de grupos de apoio, onde mulheres com a doença se reúnem para compartilhar experiências e tem o acompanhamento de profissionais, também proporciona vários benefícios:

  • Diminui a sensação de solidão e incompreensão;
  • Muda a forma de encarar a doença;
  • Estimula a adotar um novo estilo de vida;
  • Ajuda a conviver com a doença e com o tratamento.

Família e amigos são fundamentais no apoio psicossocial

A família, amigos e pessoas próximas também são essenciais no apoio psicossocial no tratamento de câncer de mama metastático. Eles podem ajudar de diversas formas:

Nova rotina – é bem provável que a mulher não tenha a mesma energia e disposição para fazer algumas atividades diárias. Então, precisará de apoio para se adaptar à nova realidade.

Atividades diárias – o tratamento pode impedir que a pessoa com câncer de mama metastático faça algumas atividades, como cuidar da casa. É importante que alguém assuma essas responsabilidades.

Novas experiências – a mulher com câncer de mama terá de passar por diversas experiências novas, como as mudanças de imagem que o tratamento possa causar. O apoio de família e amigos ajuda a diminuir o impacto que isso possa causar.

Sensação de pertencimento – algumas mulheres podem se isolar por acharem que estão incomodando ou que não pertencem mais ao ambiente ao qual estavam acostumadas. Para isto, é sempre bom conversar e deixar que elas contem pelo que estão passando. A solidariedade e a empatia são fundamentais.

Referências

 

PP-PFE-BRA-1385

26 novembro, 2018

Conteúdos Relacionados